O que faz um assessor de investimentos?

15 de dezembro de 2021 InvestimentosSobre a SVN Básico

  • SVN Invest
  • SVN Invest

    Editor

O que faz um assessor de investimentos?

Boris Bellini* —

“Eu ajudo os meus clientes a terem uma rentabilidade melhor nas aplicações, com a mesma segurança do banco, por meio de um atendimento personalizado”. O resumo é de Henrique Estela, assessor que há três anos faz parte do time da SVN Investimentos. Ele também destaca detalhes do dia a dia do assessor, esse profissional que tem como especialidade cuidar do dinheiro.

Estela brinca que a frase do início do texto é o seu discurso de apresentação de 15 segundos – uma forma sucinta de explicar a importância de seu trabalho para quem quer começar a investir ou melhorar a rentabilidade dos aportes. 

O trabalho caminha lado a lado com a educação financeira, já que o assessor também oferece explicações sobre os produtos e os aspectos envolvidos nos aportes, como taxas e cenário econômico. “Isso ajuda muito os clientes a tomarem decisões”, diz Estela. 

O conhecimento compartilhado ganha ainda mais relevância no atual cenário marcado de incertezas e do surgimento de produtos com rentabilidade atrativa, mas que são um pouco mais complexos, como o Coe ou Fidic, para citar apenas dois exemplos.

Na primeira conversa com um cliente, Estela sempre pergunta sobre o nível de conhecimento da pessoa e a sua vontade de aprender. “Na maioria das vezes, o cliente mostra imenso interesse por entender melhor como funciona o mercado financeiro. É sempre um prazer contribuir com esse caminho do conhecimento”. 

Assessoria se traduz em melhor rentabilidade

O mercado de capitais do Brasil está em constante evolução. Tanto no número de novos investidores quanto na oferta de produtos diferenciados. Opções não faltam na plataforma de investimento da XP, por exemplo, que reúne em um só lugar um imenso cardápio de ativos – com opções para todos os perfis de investidores, desde o conservador até o arrojado.   

Não é exagero: Estela conta ter acesso a produtos de 100 bancos diferentes, mais de 400 fundos de investimento, além dos ativos operados na Bolsa de Valores. Tantas opções podem gerar dúvidas nas pessoas que buscam uma opção assertiva para investir. Por isso, é essencial contar com a ajuda de um especialista nessa jornada da busca pelas melhores opções de produtos nesse “shopping de ativos” que é a plataforma da XP.  “Nós oferecemos essa curadoria”, diz Estela. 

Atendimento personalizado

Uma das funções do assessor é realmente se dedicar a cada um de seus clientes. Isso significa conhecer a história e os objetivos da pessoa ou família, assim como  a tolerância ao risco. 

Em uma analogia simples, se uma pessoa tem dor no coração, ela busca um cardiologista ou clínico geral? “Geralmente a preferência é por um especialista. Nós, assessores, somos cardiologistas, enquanto o gerente de banco é o clínico geral’, diz Estela. 

Certificação dos assessores de investimentos

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) estipula que, para trabalhar como Assessor Autônomo de Investimentos, todo profissional deve ser certificado. Para isso, os candidatos a assessores realizam uma prova organizada pela ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias). A entidade é responsável por representar empresas do mercado financeiro.

A prova visa identificar se o candidato está realmente apto ao trabalho de assessor. É observada uma série de conhecimentos específicos, como código de conduta, sistema financeiro nacional, administração de riscos e matemática financeira.

Além de assessoria de investimentos, a SVN oferece os serviços de câmbio, crédito, M&A, e ferramentas personalizadas para a gestão de grandes fortunas. Entre em contato com um dos nossos assessores.

*Sob supervisão de Priscilla Arroyo