O que é macroeconomia?

12 de setembro de 2021 EconomiaMercados Básico

  • SVN Invest
  • SVN Invest

    Editor

O que é macroeconomia?

Felipe Medeiros Piller – 

A macroeconomia é uma derivação da ciência econômica que tem como objetivo estudar, observar e compreender a situação e tendências econômicas de uma determinada cidade, estado, região ou país. A base teórica da matéria foca na análise do todo (macro), e não apenas de uma empresa ou indivíduo (micro). 

Dessa maneira, a macroeconomia estuda a fundo o Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos bens e serviços finais produzidos por um país, cidade ou estado em determinado período de tempo. Como também estuda o uso de recursos, geração de renda, comportamento dos preços, tendências de aquisição, relação e mercado internacional e índice de desemprego de determinada sociedade. 

As informações geradas têm como principal objetivo identificar pontos a melhorar e corroborar com o crescimento econômico, estabilidade no preço de bens e serviços, diminuição do desemprego e controle inflacionário. Isso é possível através de políticas macroeconômicas

Políticas macroeconômicas

O conjunto de políticas, leis  e projetos que visam o crescimento econômico por meio de estudos da macroeconomia são chamados de políticas macroeconômicas. São instrumentos utilizados por governos para a manutenção do bem estar social. 

Estrutura macroeconômica

A ciência macroeconômica divide seus estudos nos seguintes mercados:

Mercado de Bens e ServiçosEstuda preço, distribuição e produção – local ou nacional – de bens e serviços.
Mercado de TrabalhoEstuda empregabilidade e desemprego; duração e participação do trabalhador no mercado de trabalho, demanda de profissionais e regulamento de salários.
Mercado MonetárioEstuda a inflação do país, assim como a oferta e demanda da moeda em relação ao Banco Central. 
Mercado de TítulosEstuda agentes econômicos – entidades ou indivíduos com autonomia para realizar operações econômicas – assim como geração de lucro e prejuízo.
Mercado de DivisasEstuda o balanço comercial – volume de importação e exportação, assim como o capital que entra e sai derivado disso.

Macroeconomia nos investimentos

O conhecimento macroeconômico é capaz de conceder a um indivíduo a capacidade de compreender algumas nuances do cenário econômico. Por que o óleo ficou mais caro? Por que as pessoas têm comprado menos roupas?  Por que o preço da carne subiu?

A macroeconomia ajuda os analistas e investidores a compreenderem melhor o cenário econômico. Se a inflação no Brasil cresce, por exemplo, influencia todos os ativos indexados pelo Índice Nacional de Preço (IPCA), que mais tarde terá impacto na Selic e em todas as demais taxas do país. 

Um exemplo mais claro: qual repercussão a saída dos Estados Unidos do Afeganistão e a retomada do Talibã ao poder têm no cenário econômico? Especialistas já têm debatido a influência que esse evento é capaz de causar no preço de determinados ativos.

A macroeconomia, de maneira geral, não dá ao investidor o poder de projetar o futuro de um determinado investimento, mas concede a ele capacidade de encontrar pistas para identificar riscos e oportunidades. 

Tem interesse em investir? A SVN tem profissionais qualificados com o objetivo de buscar as melhores opções de acordo com o perfil e metas de cada investidor ou família. Entre em contato com um de nossos assessores para mais informações.