O que é Compliance?

28 de dezembro de 2021 EconomiaInvestimentos Básico

  • SVN Invest
  • SVN Invest

    Editor

O que é Compliance?

Beatriz Lopes* —

Do verbo inglês, “to comply”, que significa “agir de acordo”. 

O compliance é usado para denominar a dinâmica de administração de uma empresa tendo como base as regras e normas. Para garantir que a companhia esteja de acordo com a legislação, são utilizadas ferramentas para detectar irregularidades e até condutas duvidosas dos gestores.

O departamento analisa e investiga as regras propostas dentro do próprio negócio, a fim de evitar processos e problemas maiores que possam vir a causar prejuízos e danos. 

Sendo assim, o compliance faz a manutenção dessas normas para que, caso tenha algum ponto que a empresa esteja descumprindo, o departamento possa interceder e fazer as alterações necessárias. Assim, evita que o negócio passe por situações complicadas. Geralmente, empresas de capital aberto possuem seu próprio departamento de compliance.

O mecanismo também é útil para demonstrar a transparência da gestão, e assim,  passar maior segurança e credibilidade para os investidores.

Para que serve?

O compliance geralmente se traduz em um departamento dentro das companhias, cujo objetivo é garantir que a empresa cumpra os requisitos impostos pela Legislação – como a Lei Anticorrupção, Leis Trabalhistas e ambientais. Essa área  geralmente está alinhada com os profissionais do jurídico, que desenvolvem métodos mais assertivos para melhorar o controle interno dos processos. 

Entre os principais pontos trabalhados, estão:

– Elaboração do código de conduta e de procedimentos para os colaboradores da empresa;

– Programas que identificam e excluam as prováveis  falhas e riscos de violação às leis e normas;

– Vistoria das operações da empresa com investigações internas;

– Treinamento dos colaboradores de acordo com uma cultura ética de trabalho e negócios;

– Criação de canais e mecanismos para denunciar eventuais irregularidades.

Benefícios

Com o compliance em  ação, a empresa passa a desenvolver melhor seus colaboradores e serviços. Isso valoriza a sua imagem dentro do mercado financeiro. 

Entre os benefícios que refletem esse esforço, se destacam:

1. Construção de boa imagem e reputação

2. Aumento da eficiência interna

3. Maior satisfação dos colaboradores

4. Diminuição de riscos jurídicos

5. Redução dos riscos financeiros

6. Menor custo operacional

7. Conquista da confiança do mercado por meio da transparência

Compliance no mercado financeiro

Empresas brasileiras que se comprometem com o compliance contam com um alicerce cada vez mais sólido no qual podem construir uma estrutura sólida, passando segurança e transparência aos investidores.

As entidades de capital aberto mais bem posicionadas dentro das práticas de governança corporativa, são listadas no Novo Mercado da B3. Pela visibilidade e reputação, acabam atraindo mais investidores, o que aumenta o seu valor de mercado.

Por todos esses benefícios, cada vez mais empresas estão adotando esses métodos mais responsáveis de gestão. O mercado, por sua vez, cria ainda mais mecanismos para destacar essas companhias. Um dos mecanismos mais importantes são os índices dedicados a agrupar empresas comprometidas com as práticas ESG, como o ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) e o IGC-NM (Índice de Governança Corporativa – Novo Mercado).

A equipe da SVN conta com profissionais qualificados, aptos para aconselhar as melhores estratégias de acordo com o perfil e os objetivos de cada investidor. Entre em contato com seu assessor e verifique as práticas de compliance que você pode aplicar dentro da sua empresa. 

*Sob supervisão de Priscilla Arroyo