O que é alavancagem? 

20 de janeiro de 2022 AssessoriaBolsa de valoresEmpresasSem categoria Básico

  • SVN Invest
  • SVN Invest

    Editor

O que é alavancagem? 

Leonardo Fuhrmann

A alavancagem financeira é uma estratégia que permite ao investidor impulsionar seus investimentos por meio de uma operação de crédito. Na prática, ele multiplica o valor investido aumentando a chance de elevar os ganhos – mas também assume o risco de ter de lidar com todo o prejuízo. 

Esse crédito especial é tomado com o depósito de uma garantia financeira, que pode ser em dinheiro, mas geralmente é em títulos de baixo risco e rentabilidade garantida, como o Tesouro Direto, por exemplo. Usualmente, a estratégia é utilizada em operações de curto prazo – mas isso não é uma regra. 

A operação pode ser  feita na Bovespa, com ações, e na BM&F, com contratos ou minicontratos de dólar e de índice.

Riscos da alavancagem

A alavancagem é considerada uma operação com risco elevado. O investidor precisa ter plena consciência de que não há garantia de retorno. Em caso de prejuízo, ele terá de lidar também com os prazos de devolução do empréstimo.

Caso não devolva o valor no período combinado, o investidor está sujeito a juros e perda do seu capital. A estratégia é indicada apenas para quem já tem experiência  no mercado financeiro – em geral, investidores de perfil arrojado, que estão aptos para  fazer uma boa avaliação da relação entre potenciais rendimentos e o risco assumido. 

A alavancagem é bastante utilizada em operação short – em que o investidor se posiciona como vendido ao apostar na desvalorização de um ativo. Ou seja, ele vende  ações que não tem e espera o preço delas cair para recomprar mais barato e lucrar com a diferença. Para ficar short, é preciso uma margem de garantia, ou seja, é uma operação alavancada. 

Alavancagem em empresas

Empresas também usam a alavancagem operacional para acessar o mercado financeiro e captar recursos para aumentar e elevar a  produção sem afetar os valores dos custos fixos. A área de Corporate da SVN, conta com uma equipe especializada em buscar as melhores oportunidades de crédito para pessoa jurídica. 

Para os negócios, a dívida não é necessariamente algo nocivo, uma vez que os gestores podem buscar crédito para investir em projetos que têm alto potencial de lucro no futuro.

O grau de alavancagem das empresas é um dado importante a ser avaliado na análise fundamentalista. O número é proveniente da divisão da Dívida Líquida – empréstimos e financiamentos descontado o valor de caixa –  pelo  Ebitda: lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. 

A SVN conta com uma mesa dedicada às operações de renda variável. Consulte um assessor para entender quais são as melhores oportunidades na Bolsa.