Expert 2020: Gerenciar uma empresa de US$ 1 bi ou enfrentar o Michael Jordan — o que é mais fácil para Magic Johnson?

magic johnson expert 2020

Expert 2020: Gerenciar uma empresa de US$ 1 bi ou enfrentar o Michael Jordan — o que é mais fácil para Magic Johnson?

Expert 2020: Gerenciar uma empresa de US$ 1 bi ou enfrentar o Michael Jordan — o que é mais fácil para Magic Johnson? 1600 900 Thomas Mendes

A XP Investimentos. criou a tradição de trazer uma personalidade dos esportes para contar sobre sua carreira e investimentos nas edições da Expert. Em 2020, a celebridade convidada foi Earvin “Magic” Johnson. O jogador de basquete, ativista e empresário falou sobre a magia de vencer.

Magic Johnson contou que desde criança era muito competitivo e que sempre buscou estar rodeado pelos melhores. “O seu competidor pode melhorar você. Eu perdi um campeonato para o Larry Bird e isso fez com que eu olhasse para mim e descobrisse o que eu precisava melhorar. Eu me reinventei”, disse.

Ainda segundo o atleta, o “importante é como você age depois de perder um jogo importante”.

Negócios

Magic Johnson contou sobre como foi a transição de atleta para empresário. “Eu sempre quis ser um homem de negócios, eu levava muitos executivos pra almoçar comigo quando eu jogava no Lakers”, comentou.

Ele também falou sobre a admiração que tem por Jeff Bezos, CEO da Amazon. “Ele é o cara que pensa fora da caixa, eu adoro isso dele. A cabeça dele funciona de uma maneira diferente de todo mundo”, explicou.

Desafio

Questionado se ele achava mais fácil jogar contra o Michael Jordan ou gerenciar uma empresa de US$ 1 bilhão, o empresário não teve dúvida. “Jogar com o Michael Jordan! Jogar com ele era empolgante, divertido”, falou sobre um dos seus principais adversários nas quadras.

“No basquete eu controlo o jogo, o tempo, o arremesso. No negócio não é assim, você pode ter uma grande ideia, um plano, mas pode dar tudo errado porque não depende só de você”, complementou.

HIV positivo

O atleta ainda falou sobre como foi descobrir que tinha sido diagnosticado com HIV positivo. “Quando eu me vi diante da doença, eu me senti comprometido a fazer parar a discriminação contra as pessoas que viviam com HIV”, explicou.

Em 1991, aos 31 anos, o armador do Lakers anunciou que era soropositivo e que estava se aposentando das quadras. No entanto, um ano depois, ele voltou a jogar, porém sofreu com o preconceito de alguns colegas.
No mesmo ano, Magic Johnson ganhou a medalha de ouro nas Olímpiadas de Barcelona.

Saiba mais