Ibovespa na semana: incertezas políticas seguem no radar

16 de agosto de 2021 InvestimentosMercados Básico

  • SVN Invest
  • SVN Invest

    Editor

Ibovespa na semana: incertezas políticas seguem no radar

Alessandra Taraborelli

Enquanto os mercados externos operaram com viés positivo na semana passada após o anúncio do pacote trilionário de infraestrutura anunciado pelo governo dos Estados Unidos, por aqui o Ibovespa não acompanhou o bom humor dos investidores. A preocupação com os entraves político e fiscal, que vêm de Brasília, segue no radar do mercado doméstico. 

Em entrevista ao Valor Econômico, a sócia e diretora de macroeconomia da Tendências Consultoria, Alessandra Ribeiro, afirma estar preocupada com a questão fiscal. “O fato é que desde a primeira flexibilização de regras fiscais na crise não se vê comprometimento com austeridade e com respeito às regras. E justamente para dar respaldo aos desejos do presidente Jair Bolsonaro, que tenta atender interesses corporativistas”, diz Ribeiro. Ou seja, em vez de focar em cortar os gastos para que eles se enquadrem na meta de desembolsos do governo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem se posicionado de maneira mais maleável sobre o tema.

Retrospectiva

Nos Estados Unidos, a aprovação do pacote de US$ 1,2 trilhão (R$ 6,24 trilhões) pelo governo  animou os mercados ao longo da semana. A expectativa é de que sejam criados milhões de empregos, o que tende a fortalecer a classe média norte-americana. Por aqui, no entanto, os investidores seguem operando com cautela em meio à instabilidade política e à incerteza fiscal. 

O Ibovespa acumulou queda de 1,32% na semana passada – na faixa dos 121 mil pontos; em agosto, o principal índice da Bolsa recua 0,49%. No ano, no entanto, a bolsa doméstica ainda mantém valorização de 1,82%. 

O dólar, por sua vez, acumulou leve alta de 0,17% na semana passada (cotado a R$ 5,24), e avança 1,08% no ano. 

Entre os indicadores divulgados ao longo da semana passada, destaque para a prévia do Produto Interno Bruto (PIB), o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-br) de junho. O índice surpreendeu positivamente, com avanço de 1,14%, acima da média do mercado, que esperava algo em torno de 0,5%. 

No cenário político, a Câmara dos Deputados adiou para esta semana a votação da reforma do Imposto de Renda. Ainda não há consenso entre governadores, prefeitos e empresários sobre o tema. 

Agenda de indicadores: semana 16 de agosto  

A semana promete ser mais tranquila em relação aos indicadores econômicos. Por aqui, serão divulgados indicadores semanais de inflação. Com isso, o investidor fica de olho nos acontecimentos externos, como o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), Jerome Powell, amanhã (17) e a divulgação, nesta quarta-feira (18), da ata  da última reunião de decisão de juros nos EUA, na qual a autoridade monetária manteve a taxa entre 0% e 0,25% ao ano. 

Powell fará seu primeiro discurso após o relatório de empregos ter mostrado avanço maior que o esperado no mercado de trabalho. Por isso, os investidores estarão atentos para saber o que xerife do Fed tem a dizer sobre esse cenário.  

A seguir a agenda com os indicadores em destaque:

DataPaísIndicador
16/08/2021BrasilFGV: IPC-S (semanal)
16/08/2021BrasilBC: Relatório Focus (semanal)
16/08/2021BrasilSecex: Balança comercial (semanal)
16/08/2021EUAÍndice Empire Manufacturing de atividade (ago)
17/08/2021BrasilFIPE: IPC (semanal)
17/08/2021BrasilFGV: IGP-10 (ago)
17/08/2021BrasilMonitor do PIB – FGV
17/08/2021Área do EuroPIB (2° tri.)
17/08/2021EUAProdução industrial (jul)
17/08/2021EUAVendas no varejo (jul)
17/08/2021EUAEstoque das empresas (jun)
17/08/2021EUADiscurso presidente do Fed, Jerome Powell
18/08/2021BrasilBCB: Fluxo Cambial (semanal)
18/08/2021Área do EuroÍndice de preços ao consumidor – final (jul)
18/08/2021EUALicença para construção (jul)
18/08/2021EUAConstrução de casa nova (jul)
18/08/2021EUADivulgação da ata do Fed
19/08/2021BrasilFGV: IGP-M (2ª prévia) (ago)
19/08/2021BrasilCNI: Sondagem Industrial (ago)
19/08/2021EUAPedidos de auxílio desemprego (semanal)
19/08/2021EUAÍndice de atividade do Fed Filadélfia (ago)

Cenário político no Brasil: ameaças à democracia

Os constantes ataques do presidente Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF) – assim como a defesa do voto impresso para as eleições de 2022, devem se manter essa semana. A prisão do seu aliado, Roberto Jefferson, presidente do PTB, na sexta-feira (13), trouxe ainda mais cautela ao mercado local. Bolsonaro afirmou no final de semana que vai pedir ao Senado a abertura de um processo de impeachment contra os ministros do STF Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. 

Temporada de balanços: retardatários

Hoje é o último dia de divulgação dos resultados referentes ao segundo trimestre do ano. Pela manhã, a Cemig reportou lucro líquido de R$ 2,1 bilhões no segundo trimestre deste ano, e reverteu o prejuízo de R$ 10,8 milhões apresentado no  mesmo período do ano passado. 

A Ânima Educação, por sua vez, registrou lucro líquido ajustado de R$ 18,7 milhões no segundo trimestre de 2021, alta de 42,3% ante o mesmo período do ano passado.

De acordo com a XP Investimentos, 77% das empresas que divulgaram resultados referentes ao segundo trimestre tiveram desempenho em linha ou acima do esperado. 

Confira a lista de empresas que irão divulgar resultados hoje depois do fechamento e que fecham a temporada de divulgação de balanços: 

EmpresaTickerData de Divulgação
AgrogalaxyAGXY316/08/2021
ArmacARML316/08/2021
Boa VistaBOAS316/08/2021
BrisanetBRIT316/08/2021
CemigCMIG416/08/2021
Cruzeiro do SulCSED316/08/2021
DesktopDESK316/08/2021
Dimed SA DistribuidoraPNVL416/08/2021
Focus EnergiaPOWE316/08/2021
Gafisa SAGFSA316/08/2021
GetNinjasNINJ316/08/2021
IRB Brasil Resseguros S/AIRBR316/08/2021
Jalles MachadoJALL316/08/2021
LivetechLVTC316/08/2021
MosaicoMOSI316/08/2021
PetrorecôncavoRECV316/08/2021