Entenda o cálculo de rentabilidade da poupança

29 de junho de 2021 AssessoriaInvestimentos Básico

  • SVN Invest
  • SVN Invest

    Editor

Entenda o cálculo de rentabilidade da poupança

Guilherme Murakami

A poupança é aquele investimento mais tradicional dos grandes bancos, pontapé inicial para muitos investidores. Mesmo que grande parte deles nem sequer considere a poupança como um investimento.

Apesar de render muito pouco – ou até mesmo apresentar rendimento negativo – é necessário entender como ela funciona, quanto rende e se vale a pena ou não. Vamos nessa?

O primeiro ponto a entender é que a poupança é um investimento atrelado à taxa Selic, a taxa básica de juros da economia brasileira. Logo seu rendimento vai variar de acordo com essa taxa. 

A fórmula para o cálculo é a seguinte: 70% da SELIC + Taxa Referencial.

Sendo a SELIC atual em 4,25% ao ano, 70% disso é aproximadamente 2,97% ao ano mais a TR (que tem o seu valor zerado já há muitos anos ou muito próxima disso).

Vamos ver na prática como isso funciona. Supondo que você aplique no dia um de janeiro de 2021 o valor de mil reais (R$ 1.000,00) como se comportaria esse investimento:

MêsRendimento Mensal da PoupançaValor 
Jan/210,12%R$  1.000,00
Fev/210,12%R$  1.001,20
Mar/210,12%R$  1.002,40
Abr/210,16%R$  1.004,01
Mai/210,16%R$  1.005,61
Jun/21

OBS.: É importante lembrar que o rendimento acontece apenas na “Data de aniversário” do depósito, por exemplo: se você depositar uma determinada quantia no dia 01 e resgatar no dia 29 desse mesmo mês, o valor do resgate será igual ao valor depositado.

Tem imposto de renda na poupança?

A poupança é um investimento não tributado. Apesar disso, é muito importante lembrar que o valor que você possui na poupança deve aparecer na declaração anual de imposto de renda.

A poupança rende o mesmo em todos os bancos?

Sim. A regra do cálculo da poupança é a mesma para todas as instituições financeiras.

Quais as vantagens de investir na poupança?

Primeiro é a liquidez. Quando você pede resgate de qualquer valor na poupança em poucos instantes o dinheiro já vai para a sua conta. Em segundo lugar esse investimento conta com a proteção do FGC, Fundo Garantidor de Crédito para aplicações de até R$ 250 mil por instituição e por CPF.

Quais as desvantagens de investir na poupança?

Rendimento baixo. A poupança rende menos que a taxa SELIC, logo podemos ver que é muito mais vantajoso investir em LFTs do Tesouro Direto ou também chamado de Tesouro Selic que, no caso, apresentará rendimentos mais próximos à taxa básica de juros.

Inflação x Poupança

Sempre que você ouvir o termo “real”, no economês, significa que é algo descontado da inflação, por exemplo: rendimento real quer dizer o seu rendimento menos a taxa de inflação no período. 

Vamos usar o ano de 2020 para raciocinar. A taxa de inflação calculada pelo IBGE, o famoso IPCA, foi de 4,52%. O rendimento da poupança nesse mesmo ano foi de 2,11%. É exatamente isso que você está pensando. Quem deixou o dinheiro na poupança em 2020 teve rendimento real negativo, ou seja, perdeu dinheiro.

E aí, faz sentido deixar o dinheiro na poupança?

Se a conclusão for “não”, entre em contato com um assessor da SVN. Há opção tão seguras quanto a poupança e que oferecem maior rentabilidade.