Como viver de renda passiva?

27 de outubro de 2021 AssessoriaEconomiaInvestimentos Básico

  • SVN Invest
  • SVN Invest

    Editor

Como viver de renda passiva?

Beatriz Lopes* — 

Ganhar dinheiro sem muito esforço é algo bem atrativo. Quem não quer? E é possível fazer isso de maneira segura, confiável e rentável através da renda passiva. “Fazer o seu dinheiro trabalhar por você”, é como dizem no mundo dos investimentos. 

O conceito é este mesmo: aumentar o capital sem a real necessidade de trabalho. Por isso, é associada à independência financeira. Já que, a partir do momento que o investidor vive apenas de renda passiva,  não há mais a necessidade de trabalhar para ter dinheiro garantido. Mas para isso, é preciso ter antes um bom acúmulo de patrimônio financeiro. 

A renda passiva pode ser dividida em dois grupos: com e sem capital. Com capital, são os rendimentos por investimentos – uma parte do patrimônio é aplicado para ser gerador da renda passiva. Já os sem capital, são as rendas que vêm de lucros de empresas da qual se é sócio e royalties, por exemplo.

Royalties – Geralmente quem tem algum talento artístico pode usufruir disso. No início, busca obter sucesso e notoriedade para vender seus produtos – seja de música, livros, roteiros, etc. – e após isso,  a renda vem naturalmente com a continuidade das vendas.

Lucros – Abrir uma empresa e, depois de um tempo, usufruir do rendimento que ela traz quando já não necessita do trabalho pontual do gestor.

Aluguel – É um dos exemplos mais clássicos e comuns de renda passiva. A pessoa investe na compra e manutenção de imóveis para alugá-los para terceiros e assim, obter o pagamento mensalmente. 

Investimentos – Com acesso a inúmeros produtos financeiros, é possível ajustar os objetivos e expectativas ao montar uma carteira de investimentos diversificada. Investimentos rentáveis a curto prazo, e até menos arriscados podem ser uma boa opção. Por exemplo: fundos de renda variável, como ações em empresas e fundos de renda fixa, como o Tesouro Direto.

Vantagens da renda passiva

  • Liberdade financeira, para viver a vida da forma como deseja;
  • Ganhar dinheiro sem precisar trabalhar;
  • Aposentadoria antecipada;

O que é renda ativa?

A renda ativa é o oposto da renda passiva. Então, se por um lado se faz dinheiro sem precisar trabalhar, por outro, é trabalhando que se ganha dinheiro. A remuneração vem por meio do esforço, da dedicação, caso contrário, não se tem renda alguma. 

Seja qual for a profissão ou modalidade de contratação, a renda ativa é o salário recebido em troca do trabalho. Se o funcionário faltou um dia, terá um valor descontado da receita. Ele é totalmente dependente desta remuneração.

A renda ativa pode ser complementada com outros tipos de trabalhos. Além do salário mensal recebido pelo funcionário, ele pode optar por vendas – na comercialização de determinados produtos e/ou alimentos -, trabalho autônomo – como motorista de aplicativo, artesão, etc., entre outros. 

É possível, sim, viver de renda ativa. Na verdade, é como a maioria dos brasileiros se mantém. Porém não há garantias, já que a pessoa fica totalmente dependente do trabalho para conseguir se manter financeiramente. Se o desemprego acontecer, a principal e/ou única fonte de renda ficará defasada.

Entretanto, a renda ativa é fundamental para que o investidor busque oportunidades de aplicar em investimentos rentáveis, buscando aumentar o seu patrimônio. E assim, futuramente, poder migrar e viver de renda passiva tranquilamente. 

A equipe da SVN conta com profissionais qualificados, aptos para aconselhar as melhores estratégias de acordo com o perfil e os objetivos de cada investidor. Entre em contato com um dos nossos assessores e tire suas dúvidas sobre como obter uma renda passiva.

*Sob supervisão de Priscilla Arroyo